MPF apura se bloqueio de 30% em verba para educação vai prejudicar alunos de instituições federais em Goiás

Educação

MPF apura se bloqueio de 30% em verba para educação vai prejudicar alunos de instituições federais em Goiás

mpf

O Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO) abriu três investigações para apurar se os cortes das verbas e extinção de cargos das instituições de ensino federais no estado vão prejudicar o direito à educação dos alunos. Cada inquérito tem como alvo uma das três unidades: Universidade Federal de Goiás (UFG), Instituto Federal Goiano (IF Goiano) e Instituto Federal de Goiás (IFG).

As investigações foram instauradas na última sexta-feira (3), três dias após anúncio de que haverá um bloqueio de 30% na verba de todas as universidades e institutos federais. Esse impacto estaria previsto para começar no segundo semestre.

O MPF pede ao Ministério da Educação (MEC) e ao Ministério da Economia que informem, no prazo de 15 dias, os motivos que levaram aos cortes nos orçamentos e se foi feito algum estudo prévio sobre como essa medida pode impactar os estudantes.

Conheça a ong + ação

Saiba Mais